Milton Rego visita indústria peruana de cloro e soda

O presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados (Abiclor), Milton Rego, está visitando as maiores companhias da América Latina no setor de cloro-álcalis para dialogar com representantes da indústria sobre o desenvolvimento do setor e a construção de uma agenda coletiva em nível regional, capitaneada pela Clorosur – Associação Latino-Americana da Indústria de Cloro, Álcalis e Derivados.
No Peru, o executivo passou pela Quimpac, onde foi recebido por Gonzalo Hincapié, diretor geral da Quimpac Peru, e Luís Eguren, diretor de Exportações. “A exemplo do Brasil, os demais países da América Latina têm o desafio de avançar na oferta dos serviços de saneamento básico. Além disso a segurança no manuseio e transporte dos produtos é fundamental. Assim, organizar uma agenda comum para o desenvolvimento da indústria de cloro-álcalis dessa região é uma tarefa inadiável”, explica Milton Rego.
A Clorosur reúne 13 empresas, que representam 2 milhões de toneladas de capacidade de produção de cloro por ano, com unidades instaladas na Argentina, Brasil, Colômbia, México, Paraguai, Peru e Uruguai. Milton Rego também presidente a entidade latino-americana e têm engendrado esforços para fortalecer as sinergias entre os países-membros.
Em novembro, a entidade promove dois eventos relevantes para a integração do setor: o 12º Seminário Técnico Internacional e o Table Top Expo & Safety Workshop 2022. Os encontros ocorrerão na Costa do Sauípe (BA), com o objetivo de fomentar o diálogo para que os profissionais da indústria de cloro-álcalis se conectem e troquem experiências, disseminando boas práticas e tecnologias de ponta.