CNI: Confiança do empresário cresce 0,3 em julho

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), calculado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), atingiu 62 pontos em julho, alta de 0,3 ponto ante junho. É o terceiro aumento consecutivo, o que mostra uma confiança maior e mais disseminada entre os industriais.


O ICEI varia entre 0 e 100, tendo em 50 pontos uma linha de corte que separa a confiança da falta de confiança. Para a pesquisa, foram entrevistadas 1.316 empresas, entre elas, 498 de pequeno porte, 500 de médio porte e 318 de grande porte, de 1º a 7 de julho de 2021.


No último trimestre, o ICEI acumula alta de 8,3 pontos, se distanciando da média histórica de 53,9 pontos e atingindo o maior patamar dos últimos 11 anos para o mês de julho. O índice é composto por dois indicadores: Condições Atuais e Expectativas.


De acordo com o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, o índice de expectativas em relação à economia e a própria empresa nos próximos seis meses vem se mantendo elevado. Além disso, a percepção sobre o momento atual também melhorou.


“Mês a mês, estamos percebendo que a elevada confiança se consolida entre os empresários”, explica Azevedo em nota oficial.


Fonte: Agência de notícia CNI