Sua piscina já está pronta para o uso?

Com as medidas restritivas impostas pela pandemia e também devido ao inverno é bem provável que a piscina não tenha sido muito usada nos últimos tempos. É mais provável ainda que ela não esteja limpa o suficiente para começar a receber os banhistas.

Mas, não se preocupe. Ainda dá tempo de deixar a água em condições ideais para a primavera, que marca o início das estações mais quentes do ano.

Manter a água tratada evita a proliferação de doenças como dengue, zika e chikungunya, que têm como principal transmissor o Aedes aegypti. Além disso, o tratamento da água com cloro evita o surgimento de microorganismos como as algas, responsáveis por deixar a água esverdeada e que também podem transmitir doenças como hepatite A, pneumonia, diarreia, micoses de pele, entre muitas outras.

Dicas para manter a sua piscina limpa

Em piscinas que não foram usadas durante algum tempo ou que o uso tenha sido restrito, comece realizando um tratamento de choque com o objetivo de eliminar materiais orgânicos que possam ter se acumulado.A super cloração é a adição de cloro na piscina em quantidade muito superior àquela normalmente utilizada. O procedimento deve ser feito após o pôr do sol, pois os raios ultravioletas destroem o cloro ativo.

Se a piscina não estiver muito suja, comece removendo as sujeiras maiores com a peneira. Realize uma avaliação criteriosa, pois neste caso, talvez não seja necessário o tratamento de choque.

No caso de piscinas com pouca sujeira, comece removendo as sujeiras com a peneira, faça a filtragem periódica da água e a escovação das paredes e aspiração do fundo da piscina quinzenalmente. Além disso, é preciso fazer o tratamento químico.

Depois, faça a filtragem periódica da água. Recomendamos que a escovação das paredes e a aspiração do fundo da piscina seja realizada de forma quinzenal.

Siga com o tratamento químico normalmente, de acordo com a recomendação para a quantidade de água da sua piscina.

Qualidade da água
● Recomenda-se deixar água da piscina com cerca de 10 ppm de cloro livre entre 1 a 4 horas, de acordo OMS.
● A piscina só poderá ser utilizada quando o residual de cloro livre estiver na faixa de 1 a 3 ppm.
● Caso esteja abaixo da faixa recomendada, recomendamos realizar novamente a cloração.
● Adicione cloro na proporção indicada para manutenção (1 a 3 ppm) 1 vez por semana, aumentando a dosagem e a aplicação se houver uso da piscina.
● A checagem do cloro livre deve ser feita por meio do kit de testes.
● Ajuste o pH na faixa entre 7,2 a 7,6.
● Ajuste a alcalinidade na faixa de 80 a 120 ppm.
● Limpe regularmente os filtros.
● Para evitar a proliferação de algas, aplique semanalmente um algicida.

Uso da piscina e a Covid-19

Piscinas com água tratada de forma correta não transmitem doenças, uma vez que os germes não sobrevivem à ação do cloro. Mas é importante que os usuários mantenham os cuidados básicos como: evitar aglomeração, usar máscara e manter as mãos higienizadas.

Apesar do avanço no processo de vacinação da população brasileira, não podemos baixar a guarda.