Olimpíada de Química de São Paulo premia 56 estudantes

A Abiclor, uma das primeiras patrocinadoras do Programa Nacional Olimpíadas de Química, participou no último sábado, 12, da premiação das Olimpíadas de Química de São Paulo. Organizada pela Associação Brasileira de Química, a cerimônia foi virtual, com transmissão ao vivo pelo canal do youtube do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (IQ-USP). Este ano, a fase final foi realizada em único dia de maneira 100% remota.


Dentre os mais de 3 mil alunos que se inscreveram para o torneio paulista por meio da redação “Química e Oceanos”, foram premiados um total de 56 estudantes. Oito alunos ganharam medalhas de ouro, sendo que as duas grandes vencedores do torneio foram mulheres: Juliana Mitie Hosne Nakata (Colégio Etapa) e Alícia Duarte Silva (Colégio Objetivo Integrado).


Os outros vencedores na categoria ouro foram: Alex Guan (Colégio Objetivo Integrado) , João Guilherme Odebretch Rosa (Colégio Etapa), Vinicius Kenji Amano Tanaka (Colégio Etapa de Valinhos), Leonardo Silva de Pinho (Colégio Magister), Lucas Takayasu (Colégio Etapa), Luis Felipe Giareta Schmitt (Colégio Etapa de Valinhos).


Nas categorias “escola pública” foram premiados dois estudantes e os respectivos professores e duas alunas em “mulheres para química”.


O diretor-executivo da Abiclor, Martim Afonso Penna, destacou durante o evento a importância das Olimpíadas para a interação da indústria com os estudantes, a academia e com vários outros agentes da sociedade e vice-versa, promovendo desenvolvimento sustentável da química. “Para dar sustentabilidade à química, à sua indústria e aos produtos é preciso contar com colaboradores qualificados e interessados. As Olimpíadas de Química são resultado do esforço conjunto dos coordenadores e professores, que acreditam que a química deve ser melhor explorada em sala de aula, e é um excelente veículo de apoio, identificação e incentivos destes colaboradores, contribuindo para sua formação”, afirmou Penna.


Lucas Rodrigues, um dos coordenadores da Olimpíada paulista disse que espera nas próximas fases do Programa Nacional de Olimpíadas que os candidatos de São Paulo tragam muitas medalhas. “Já tivemos ouro na fase internacional e na Ibero-americana”, diz Rodrigues.


Os 28 estudantes mais bem classificados do primeiro e segundo ano do ensino médio, já estão automaticamente inscritos para uma próxima etapa nacional do torneio, previsto para o último sábado de setembro.

Veja abaixo a cerimônia completa da Olímpiada de São Paulo: