Renan Alcântara é o primeiro homem a disputar nado sincronizado pelo Brasil

O Campeonato Mundial de Natação começará daqui a pouco, entre os dias 23 e 30 de julho, em Budapeste, Hungria, e vai trazer algumas novidades. A lista divulgada pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) traz nomes conhecidos da natação como Joanna Maranhão, que bateu, na semana passada, o recorde brasileiro dos 1500 m nado livre. Outro grande destaque será o nado sincronizado. Pela primeira vez,  após uma espera de 16 anos, o brasileiro Renan Alcântara, de 23 anos, será o único participante do sexo masculino da modalidade que é considerada um verdadeiro balé nas águas.  Renan Alcântara começou a treinar saltos ornamentais, aos 7 anos, mas encontrou mesmo a sua paixão no nado sincronizado. Ele vai participar da competição mundial ao lado da parceira e namorada Giovana Stephan. O casal Renan e Giovana espera ficar entre os seis primeiros colocados nas suas duas apresentações: rotina técnica e livre. Segundo informa a Federação Internacional de Natação (Fina), o nado sincronizado vai mudar de nome e passará a se chamar “natação artística”.

Fontes: Gazeta Esportiva, Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, UOL, G1