Recordes sem supermaiôs

Depois dos muitos recordes da natação nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, temia-se por uma Olimpíada sem muita emoção com o banimento dos supermaiôs pela Federação Internacional da Natação (Fina). Porém, os resultados em Londres indicam que os nadadores estão adaptados à nova realidade. Até o momento, 27 recordes foram quebrados, sendo seis mundiais.

Desde a proibição do equipamento que ajudava o nadador a diminuir o atrito com a água e, consequentemente, melhorar as suas marcas, apenas dois recordes tinham sido quebrados: 200m medley e 1.500m. Ambos no masculino.

Confira os recordes mundiais batidos em Londres:jogos

1- 100m peito masculino – Cameron van der Burgh (África do Sul) – 58s46
2- 200m peito masculino – Daniel Gyurta (Hungria) – 2m07s28
3- 200m peito feminino – Rebecca Soni (EUA) – 2m20s
4- 200m peito feminino – Rebecca Soni (EUA) – 2m19s59
5- 100m borboleta feminino – Dana Vollmer (EUA) – 55s98
6- 400m medley feminino – Shiwen Ye (China) – 4m28s43