Confiança Empresarial cai 0,5 ponto em fevereiro e atinge menor nível desde abril de 2021

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) calculado pela FGV IBRE caiu 0,5 ponto em fevereiro, para 91,1 pontos, menor nível desde abril de 2021 (89,6 pts.). Na métrica de médias móveis trimestrais, o indicador recuou pela quinta vez seguida, agora em 1,7 pontos. A pesquisa abrange os quatro setores cobertos pelas Sondagens Empresariais: Indústria, Serviços, Comércio e Construção.

Segundo Aloisio Campelo Jr., Superintendente de Estatísticas do FGV IBRE, a queda se deve ao impacto da ômicron sobre atividades presenciais, aos problemas de abastecimento de insumos em alguns segmentos industriais, à inflação elevada e ao aumento recente das taxas de juros. Ele explica que, de acordo com os índices que medem o pulso dos negócios, haverá desaceleração da economia no primeiro bimestre do ano.

O único destaque positivo foi a confiança no Comércio e Construção, que subiu em mais de 80% dos segmentos em fevereiro. Já no setor de Serviços, mantém-se a tendência de queda, acumulando perdas de 10 pontos em quatro meses. O setor da indústria cedeu 1,7 ponto no mês e 12 pontos nos últimos sete meses. As expectativas em relação aos meses seguintes a fevereiro melhoraram um pouco após três meses em queda.

Fonte: FGV