Cloro na quantidade certa NÃO causa irritação

Isso mesmo!  Para garantir o conforto dos olhos, da pele e do sistema respiratório, é preciso fazer o monitoramento constante da quantidade de cloro e do pH da água. É preciso ter sempre em mente que o PH ideal é de 7,2 a 7,6 e  com os níveis de cloro entre uma e três partes por milhão ( 1,0 a 3,0 ppm).

Além do volume da piscina, outros fatores podem influenciar a quantidade de cloro, como a época do ano em que é feita a limpeza, o número de vezes em que a piscina é utilizada e as condições climáticas.

Por isso, antes de encher a piscinas e colocar o cloro, é preciso calcular o volume da piscina, assim é possível saber o nível de alcalinidade e a quantidade necessária de cloro.

É importante lembrar que o objetivo do cloro é combater os microrganismos na água sem afetar a saúde dos usuários.

FONTE: PISCINA SEM LÁGRIMAS