UNB desenvolve inseticida natural para eliminar o Aedes

No atual período de chuvas, é necessário ficar ainda mais atento quanto aos perigos do Aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, chikungunya e zika vírus. Visando combater o mosquito, está sendo testado pelo Laboratório de Farmacognosia da UnB (Universidade de Brasília) um inseticida natural gerado a partir de compostos de origem vegetal.

A equipe de pesquisadores do projeto, denominado “Arbocontrol”, pretende realizar ainda neste mês de fevereiro os primeiros testes de eficácia do produto. Para isso, ele será aplicado em focos de água parada (principais criadouros do mosquito) espalhados pelo ICC (Instituto Central de Ciências), com o intuito de atingir as quatro fases de vida do inseto: ovo, larva, pupa e adulta. Após cinco semanas de aplicação do inseticida, a quantidade de mosquitos será observada para que os estudiosos saibam se houve ou não redução de Aedes no local.   O foco agora é aplicar o produto e monitorar os dados até junho deste ano.

É importante que a população continue tomando os cuidados necessários para evitar a proliferação do vetor, como por exemplo, higienizar com água sanitária lixeiras, vasos sanitários, quintais, caixas d’água, ralos, canalizações e outros possíveis criadouros. Afinal, já foi comprovada pela USP a eficácia do cloro na eliminação das larvas do Aedes aegypti. Vamos juntos combater o mosquito?

Fonte: Site da UNB