Piscina da casa de praia não pode ser esquecida!

Se você tem uma bela casa na praia, com piscina e tudo, mas não vai muito pra lá no inverno, lembre-se: a piscina precisa continuar sendo tratada. A maioria dos proprietários evita esvaziar as piscinas, pois isso pode estragar os azulejos. Não há problemas em deixá-la cheia, mas a água deve ser tratada periodicamente para evitar o surgimento de larvas de diversos insetos, entre eles o mosquito da dengue, o Aedes aegypt.

De acordo com o estudo da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), da Universidade de São Paulo (USP), a eficácia do tratamento com cloro está no fato de o produto atrasar o processo de troca de pele, e o desenvolvimento das larvas, o que acaba por acarretar indiretamente a morte das larvas.

“O abandono do tratamento das piscinas pode resultar no agravamento dos casos de dengue para o verão seguinte, porque impulsionam o crescimento da população de mosquitos”, lembra Martim Penna, da Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados – Abiclor.