ODS foram o tema do curso de capacitação promovido pela Abiclor e CETESB

Profissionais do setor de cloro-álcalis e da CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) participaram de um workshop virtual sobre os 17 ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da Organização das Nações Unidas entre os dias 23/11 e 6/12.


O objetivo do curso é capacitar os profissionais da Abiclor (Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados), das indústrias de cloro-álcalis e da CETESB para identificar objetivos e traçar planos de ação para atingir ODS estratégicos no conceito de ESG (Environment, Social and Governance).


Com isso, os profissionais terão um entendimento mais amplo e profundo do assunto, integrando os ODS à rotina das empresas e desenvolvendo também ações estratégicas de comunicação e advocacy – prática que visa influenciar a formulação de políticas e a alocação de recursos públicos.


O workshop é um desdobramento do Protocolo de Intenções firmado entre a Abiclor e a CETESB, no começo de junho, para reduzir os impactos ambientais no processo produtivo, por meio dos ODS. “O acordo institui, voluntariamente, metas de redução dos impactos ambientais decorrentes dos processos produtivos e da prestação de serviços das empresas associadas à Abiclor. O setor de cloro-álcalis foi o primeiro a assinar esse protocolo de intenções com a CETESB”, destaca o diretor-executivo da Abiclor, Martim Afonso Penna.

Ele observa que o trabalho está começando e ainda há muito a ser feito. “As ações conjuntas da parceria de sucesso entre Abiclor e CETESB continuam, com a gestão de suas altas gerências permeando nas empresas os compromissos, contando com a participação dos colaboradores na viabilização dos ODS”, explica o diretor-executivo da Abiclor.


Segundo a diretora-presidente da CETESB, Patrícia Iglecias, o curso de capacitação está em consonância com o programa CETESB de Portas Abertas e representa um esforço conjunto do setor produtivo na promoção da sustentabilidade real. “A iniciativa reforça a parceria que existe há anos entre CETESB e Abiclor, que engloba colaboração e compartilhamento de informações técnicas”, ressalta a executiva.

A dirigente da CETESB afirma que o treinamento está intrinsecamente vinculado ao Protocolo de Intenções para adesão aos ODS, voluntário, firmado entre CETESB e Abiclor. “Dessa maneira, nossos profissionais poderão trabalhar de forma estratégica com sustentabilidade e com os ODS, gerando oportunidades, competitividade e longevidade aos negócios das empresas, que passarão a atuar de forma engajada na construção de práticas sustentáveis.”

O workshop foi dividido em cinco módulos. Os quatro primeiros foram ministrados pela Rede Brasil do Pacto Global, vinculada a ONU, e o quinto ficou a cargo da Consultoria Perspectivas. Os cinco temas abordados foram: apresentação dos 17 ODS; definição de metas e indicadores; apresentação de case: definição de metas claras – integração à estratégia de negócios; identificação de métricas; e advocacy e estratégia.