Entre na piscina sem se molhar

A piscina do artista argentino Leandro Erlich, apresentada no Museu de Arte Contemporânea do Século XXI, em Kanazawa, Japão, chamou a atenção dos visitantes. Quando vista de cima, a falsa piscina parece estar cheia, mas, na verdade, ela tem somente uma fina camada de 10 cm de água sobre um vidro transparente. Abaixo da lamina d’água, o ambiente vazio e azul passa a impressão de profundidade, por isso, quem decide caminhar no espaço parece estar imerso na água. Confira: http://migre.me/9KXhz