Produção industrial tem queda de 2,4% em janeiro

Em janeiro de 2022, a produção industrial nacional mostrou redução de 2,4% frente a dezembro de 2021 (série com ajuste sazonal), eliminando parte da expansão de 2,9% registrada no mês anterior. Já em relação a janeiro de 2021, houve retração de 7,2%, informou esta manhã o IBGE. No acumulado de doze meses, a indústria registra alta de 3,1%. Todas as grandes categorias econômicas apresentaram recuo ante o mês anterior e mesmo mês de 2021.

Entre as influências negativas estão veículos automotores, reboques e carrocerias (-17,4%) e indústrias extrativas (-5,2%), que haviam acumulado expansão de 18,2% e de 6,0%, respectivamente, nos dois últimos meses de 2021. Outras contribuições negativas relevantes vieram de bebidas (-4,5%), de metalurgia (-2,8%), de outros produtos químicos (-2,2%), de máquinas e equipamentos (-2,3%), de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (-5,4%), de produtos de metal (-3,3%), de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-4,5%) e de produtos de minerais não-metálicos (-2,4%).

O único setor que teve resultado positivo foi o de bens de consumo semi e não-duráveis (0,3%), ligeiramente superior ao verificado no mês anterior (0,1%). Entre as oito atividades que apontaram expansão na produção, a de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (10,0%) exerceu a maior influência na formação da média da indústria. 

Fonte: IBGE