Abrace alerta para subsídios crescentes na conta de energia

A aprovação pelo Congresso da Medida Provisória 1.010 que tinha originalmente o objetivo de indenizar os consumidores de energia afetados pelo apagão do ano passado no Amapá, no valor total de R$ 80 milhões, acabou se transformando numa conta muito maior. Segundo cálculo feito pela Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace), a MP vai gerar custos da ordem de R$ 400 milhões aos consumidores de todo o país.

“Querem fazer o bem localizado em troca do mal distribuído”, alerta Paulo Pedrosa, presidente da Abrace. No programa O choque da Energia, veiculado nas redes sociais da entidade como parte da campanha @opesodaluz, Pedrosa explica que os subsídios, impostos, encargos e taxas da conta de luz, vão superar a marca de R$ 100 bilhões este ano, tirando competitividade da indústria, empregos e renda das famílias que poderiam estar consumindo produtos das empresas nacionais.
Veja o vídeo no link: https://bit.ly/31DnX6y