Abiclor divulga nota em favor da nova Lei do Gás

Gás natural

A Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro, Álcalis e Derivados (Abiclor) apoia e defende o nova Lei do Gás ( PL 6407/13) em tramitação na Câmara dos Deputados, com a relatoria do deputado federal Laércio Oliveira (PP-SE). A aprovação do referido PL pela Câmara vai dinamizar a indústria nacional e trazer novos investimentos ao País, que se fazem ainda mais necessários e importantes para o nosso desenvolvimento dado o contexto atual de pandemia.

A Câmara dos Deputados tem a oportunidade de dar um passo decisivo e estratégico para a abertura do mercado de gás natural. Ao colocar o gás como um vetor central da retomada da economia brasileira, os deputados estarão sinalizando também uma mudança de paradigma, com menos intervenção estatal e mais competição de mercado.

O desenvolvimento sustentável da indústria brasileira – especialmente o setor de cloro-álcalis no qual energia é matéria-prima -, depende fortemente de um gás competitivo, que resultará em benefícios para a economia, com geração de mais investimentos e emprego, para a sociedade e os consumidores.

O custo elevado da energia, que representa em torno de 50% do custo industrial de produção, tirou competitividade da indústria de cloro-álcalis nos últimos anos, inibindo novos investimentos.

Por meio do Fórum do Gás, coordenado pela Abrace, e do movimento “Gás para sair da Crise”, que reúne 65 associações da indústria e federações de vários estados, a Abiclor se coloca à disposição para contribuir para uma política governamental que priorize o gás natural, aumentando a sua participação na matriz energética brasileira.

A indústria brasileira precisa com urgência de uma política efetiva de gás natural!

A aprovação do PL 4607/2013 será um grande passo no desenvolvimento sustentável do Brasil, assim como o Marco Legal do Saneamento recentemente sancionado.