Home / indústria / Produção da indústria química cai pelo segundo mês seguido

Produção da indústria química cai pelo segundo mês seguido

A produção da indústria química caiu 1,92% em maio, após queda de 19,35% em abril. Já as vendas internas cresceram 16,02% em maio, após o pior resultado histórico mensal em 30 anos, registrado em abril, quando a variável teve declínio de 35,68% sobre o mês anterior, mostra o Relatório de Acompanhamento Conjuntural (RAC) da Abiquim.

Em abril e maio, a produção teve uma queda acumulada de 20,9% e as vendas internas cederam 25,4% ante março, quando o país ainda estava no início da pandemia. A produção caiu 21,34% em maio de 2020 ante igual mês do ano passado e as vendas internas recuaram 27,54%. Em maio, o índice de utilização da capacidade instalada foi de apenas 61%, o mais baixo resultado da série do setor em 30 anos.

No acumulado de janeiro a maio de 2020 ante os cinco primeiros meses do ano passado o índice de produção caiu 7,26% e o de vendas internas recuou 12,75%. E nos últimos 12 meses, de junho de 2019 a maio de 2020, o índice de produção teve recuo de 8,13%, as vendas internas caíram 8,61% e o consumo aparente nacional (CAN), que mede o resultado da soma da produção mais importação excetuando-se as exportações, recuou 3%. Na mesma comparação, as importações tiveram alta de 12,7% e, com isso, 46% de tudo o que o País consumiu em produtos químicos teve origem no mercado internacional, gerando divisas e empregos de elevada qualidade lá fora.

Fonte: Abiquim

Veja também

Saneamento: Metas de universalização demandam adicional de 700 mil toneladas de cloro

Mauricio Russomano*   A aprovação do novo marco legal para o saneamento básico no Senado, …