Home / Noticias / Conselho Mundial de Cloro participa do Fórum na ONU

Conselho Mundial de Cloro participa do Fórum na ONU

O Conselho Mundial de Cloro (WCC – sigla em inglês) está participando do Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ONU) em parceria com as entidades  Engenheiros da Água para as Américas e Haiti-Philanthropy. Este ano, o Fórum, que começou dia 9 e vai até o dia 18 de julho,  está concentrado em seis Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), temas relevantes para alcançar os objetivos da Agenda 2030. São eles: ODS 6 – Água Limpa e Saneamento; ODS 7 – Energia Acessível e Limpa;  ODS 11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis; ODS 12 – Consumo Responsável e Produção;  ODS 15 – Vida na Terra; e, ODS 17 – Parcerias para os Objetivos.

A química do cloro é essencial para ajudar a alcançar muitos dos Objetivos assim como organizações como o WCC, que reúnem pessoas de todo o mundo para discutir, colaborar e promover o progresso global em direção à sustentabilidade.

Para o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de número 6, o cloro desempenha um papel particularmente importante pois torna a água segura para beber, desinfeta as águas residuais e atua como um componente da infraestrutura de água através de tubos de PVC.  No caso do ODS 7, que visa Energia Acessível e Limpa, a química do cloro é um ingrediente-chave para a fabricação de painéis solares, turbinas eólicas e baterias de carros híbridos.  Para alcançar o ODS 11, das Cidades e Comunidades Sustentáveis, a química do cloro auxilia na melhoria das redes de transporte, no fornecimento de materiais de habitação acessíveis e na fabricação de tecnologia de telecomunicações e informática.  Dentro do que estabelece o ODS 12, de Consumo Responsável e Produção, o uso da química do cloro para fabricar titânio e dióxido de titânio resulta em menos desperdício, ajuda na conservação de recursos e contribui para uma economia circular. Por fim, no Objetivo 15, que trata de Vida na Terra, o uso da química do cloro na fabricação de compostos de proteção de cultivos ajuda a melhorar o rendimento agrícola, reduzindo a erosão do solo.

Fonte: WCC e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – Brasil

Veja também

Universalização do saneamento economizaria R$ 1,4 bi por ano

A universalização do saneamento básico no Brasil geraria uma economia anual de R$ 1,4 bilhão ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *