Home / economia / Falta de saneamento é o maior drama do Brasil, juntamente com a educação, afirma executivo

Falta de saneamento é o maior drama do Brasil, juntamente com a educação, afirma executivo

A falta de saneamento básico é tão grave quanto o problema educacional enfrentado no Brasil. A afirmação é do CEO da Tigre, Otto von Sothen, que em entrevista ao portal Uol para a série líderes, destacou a importância do saneamento para o desenvolvimento do País e fez ainda uma alerta: a água será cada vez mais um bem escasso.  Segundo ele, a falta de água, o desperdício e a não coleta e tratamento de esgoto são reflexos da ausência de saneamento.

“O saneamento básico não é visível, mas é a causa de doenças que poderiam estar sendo evitadas. O custo na saúde pública para corrigir esses problemas é muito maior do que se investíssemos a sério na solução do problema”, afirma o executivo na entrevista ao Uol.   Ele destacou que metade das residências do Brasil não tem coleta de esgoto. “Estamos falando de 100 milhões de pessoas que não têm coleta de esgoto nas suas casas. E, das 100 milhões que têm, aproximadamente entre 30% e 40% desse esgoto não é tratado, ou seja, é coletado, mas não é tratado, o que é uma vergonha.

Para mim, hoje, junto com a educação, talvez esse seja o maior drama do Brasil”.

De acordo com estudo do Instituto Trata Brasil sobre o desperdício de água e avanço do saneamento no País, o Brasil atende 83,3% da população com água tratada, entretanto ao somar o desperdício na rede de distribuição, seria possível encher seis sistemas Cantareira por ano somente com o volume de água perdida.

 

Fonte:  Portal Uol

Veja também

Eficiência energética desafia o setor industrial brasileiro

O número de empresas do setor industrial consideradas pouco eficientes no uso de energia cresceu ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *