Home / Noticias / FPQuímica reúne parlamentares e setor químico para celebrar mais um ano de trabalho

FPQuímica reúne parlamentares e setor químico para celebrar mais um ano de trabalho

Crédito: Elias Gomes/GrupoPhoto Fotografia

Encerrando mais um ano de trabalho, a Frente Parlamentar da Química reuniu parlamentares e representantes da indústria química em uma confraternização, na noite de 7 de dezembro, no Hotel Sheraton WTC, em São Paulo.

Para o presidente da FPQuímica, deputado João Paulo Papa (PSDB/SP), a confraternização teve como principal objetivo agradecer e celebrar a união de esforços em prol da indústria química. “Temos uma missão muito importante que é a de colocar a indústria química em outro patamar. Precisamos retomar o desenvolvimento e a Câmara dos Deputados tem um papel fundamental para alavancar esse crescimento”, afirmou o parlamentar. E acrescentou ainda que “a agenda da química não perdeu o ritmo, apesar de todas as dificuldades enfrentadas pelo País. Levamos adiante várias questões de interesse do setor. Mostramos que podemos impulsionar muito mais o setor e que a indústria química deve ser tratada como uma prioridade de governo”.

O deputado Alex Manente (PPS/SP), coordenador de plástico e borracha da Frente acrescentou que o setor químico tem um papel chave na retomada do crescimento da economia, pois é um grande gerador de empregos de alta qualificação, renda e é responsável por grande parte da distribuição de riqueza no País. “Estamos representando um setor que pode fazer muito pela economia do País e pelo povo brasileiro. Temos a missão de facilitar o desenvolvimento que o setor gera”, afirmou Manente.

Para o coordenador de infraestrutura e logística da Frente, deputado Milton Monti (PR/SP), o segmento químico cativa pois trata do desenvolvimento de uma nação. Além de estudar as questões relacionadas à infraestrutura logística, o parlamentar afirmou que tem estudado outras questões relacionadas ao segmento como o uso do gás natural como matéria-prima. “É uma satisfação pessoal fazer parte desse desafio. Estou motivado a ajudar este segmento reconhecidamente essencial para o País”, disse Monti.

O deputado Eduardo Cury (PSDB/SP), coordenador de químicos para construção afirmou que os empreendedores carregam um País com uma série de dificuldades. Existe uma cultura de que o sucesso deve ser punido. Mas o natural seria valorizar as empresas que alavancam a economia do País”, afirmou.

A Comissão Executiva da Frente Parlamentar da Química tem como característica o multipartidarismo e a diversidade regional. Além dos parlamentares, a Comissão também conta com a participação dos secretários Igor Calvet, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC); Jailson de Andrade, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações Comunicações (MCTIC); e Márcio Félix, do Ministério de Minas e Energia (MME), como representantes do Poder Executivo, e da diretora de Assuntos Institucionais e Sustentabilidade da Abiquim, Marina Mattar, como secretária-executiva.

A Abiclor é uma das instituições do setor que apoiam a Frente, além da Associação Brasileira de Biotecnologia Industrial (ABBI), Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati), Associação Brasileira das Indústrias de Química Fina, Biotecnologia e suas Especialidades (Abifina), Instituto Brasileiro do PVC, Plastivida e Sindicato Nacional das Indústrias de Matérias Primas para Fertilizantes (Sinprifert). Abiquim exerce a secretaria executiva da Frente.

Também prestigiaram o encontro o deputado Davidson Magalhães (PCdoB/BA), coordenador de gás da Frente; o ex-deputado e fundador da Frente Parlamentar da Química, Vanderlei Siraque; executivos de empresas associadas e representantes do setor químico.

Fonte: “Abiquim Informa”

Veja também

Abiclor participa de workshop sobre transporte de produtos perigosos

A Abiclor vai participar na semana que vem, dia 20, do workshop sobre a nova ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *