Home / Noticias / Festa da Abiclor na Santa Casa leva música para as mães

Festa da Abiclor na Santa Casa leva música para as mães

Durante quase duas horas, na última quarta-feira (14) cerca de 30 as mães e os pais das crianças internadas na ala de pediatria da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo tiveram um pouco de alegria e conforto ouvindo as músicas do cancioneiro brasileiro na tradicional festa de confraternização. Todos os anos, a Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados (Abiclor), o Sindicato da Indústria de Produtos Químicos (Sinproquim), com apoio Unipar Carbocloro, Solvay Indupa e Indústrias Anhembi, promovem uma festa com distribuição de brindes nos final.

Este ano, foi criada uma dramaturgia específica para a ocasião pelo Grupo Calendula, formado por Fábio Cintra (voz e violão), Iara Ungarelli (voz e viola de gamba) e Juliana Gushi (voz e ukelele), com os artistas convidados Maico Silveira (direção cênica e atuação) e Francisco Zaiden (atuação e produção).
Os participantes puderam conhecer a viola de gamba, instrumento da família do violino, que tem esse nome porque para ser tocado precisa ser sustentado entre as pernas. Em italiano, gamba significa perna.

personagemstacasa-dez

Ao final da apresentação, Valquiria, que há quatro dias acompanhava o filho internado para tratar de uma asma, chorou de emoção. “Esse espetáculo trouxe um pouco de alegria para gente. Essa preocupação com a gente me emociona muito”, disse Valquíria. Para Ingrid, mãe da pequena Júlia, 3 anos, a festa foi também uma oportunidade de comemorar a alta que a filha estava para receber. Nos último mês, ela passou todos os dias na Santa Casa, acompanhando o tratamento da filha.

 

 

Veja também

Produção industrial tem leve alta em abril, mas acumula queda de 2,7% no ano

De acordo com pesquisa divulgada pelo IBGE, a produção da indústria nacional cresceu 0,3% em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *