Home / Sem categoria / Importações de produtos químicos crescem 14,2% e somam US$ 3,2 bilhões em maio

Importações de produtos químicos crescem 14,2% e somam US$ 3,2 bilhões em maio

O Brasil importou US$ 3,2 bilhões em produtos químicos no mês de maio, recuo de 23,0% em relação a maio de 2014 e aumento de 14,2% em relação a abril de 2015. De janeiro a maio foram importados US$ 15,1 bilhões, valor 13,2% menor que no mesmo período do ano passado. A quantidade importada nos primeiros cinco meses de 2015 foi de 12,6 milhões de toneladas, queda de 18% comparadas ao acumulado de janeiro a maio de 2014.

Já as exportações brasileiras de produtos químicos alcançaram um pouco mais de US$ 1,0 bilhão em maio, redução de 2,5% em relação a abril, e de 14,7% em relação a maio de 2014. No acumulado do ano, até maio, as vendas externas somam US$ 5,2 bilhões, valor 8,9% inferior ao registrado em igual período do ano passado.

O déficit acumulado da balança comercial de produtos químicos atingiu US$ 9,9 bilhões entre janeiro e maio deste ano. Nos últimos 12 meses, de junho de 2014 a maio de 2015, o déficit em produtos químicos foi US$ 29,4 bilhões, confirmando a expectativa de manutenção desse indicador com pequeno desvio em relação ao déficit recorde registrado em 2014, de US$ 31,2 bilhões. As exportações de produtos químicos movimentaram 6,1 milhões de toneladas de janeiro a maio de 2015, crescimento de 3% em relação ao acumulado de janeiro a maio de 2014.

As resinas termoplásticas, com vendas de US$ 707 milhões, foram os produtos químicos mais exportados pelo País, até maio. Os intermediários para fertilizantes permanecem como o principal item da pauta de importações químicas, respondendo por 13,9% do total das importações de produtos químicos. Contudo, entre janeiro e maio, as compras desses produtos diminuíram 21,4% em relação ao mesmo período de 2014, totalizando US$ 2,1 bilhões.

“A quantidade importada de produtos químicos vem caindo desde novembro de 2014, mostrando estagnação no mês de maio, o que evidencia queda na produção e no consumo de mercadorias a jusante na cadeia de valor”, destaca Denise Naranjo, diretora de Assuntos de Comércio Exterior da Abiquim.

Veja também

Inflação fica em 0,09% em março, a menor taxa para o mês desde 1994

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *