Home / Noticias / Frente Parlamentar da Química é recebida pelo ministro Jaques Wagner

Frente Parlamentar da Química é recebida pelo ministro Jaques Wagner

A Frente Parlamentar da Química (Frente Parlamentar Mista pela Competitividade da Cadeia Produtiva do Setor Química, Petroquímica e de Plástico), representada por seu presidente, deputado Paulo Pimenta, e por seu coordenador do Setor de Cloro, deputado Paulão, foi recebida pelo ministro da Defesa e ex-governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner, na última quarta-feira (20/05). Também participaram da audiência o coronel Ivan Gonçalves, assessor especial do ministro, Fernando Figueiredo, presidente-executivo da Abiquim, e Marina Mattar, gerente de Assuntos Institucionais da Abiquim e secretária-executiva da Frente Parlamentar da Química.

Na ocasião, o presidente da Frente Parlamentar apresentou o déficit da balança comercial do setor químico, o qual está associado ao aumento do consumo interno, suprido por produtos importados, e consequente perda de competitividade. Adicionalmente, o deputado Paulo Pimenta citou como gargalos para o setor a ausência de uma política específica para matérias-primas essenciais indústria química: gás natural e nafta.

O deputado Paulão, por sua vez, tratou da importância de que o governo priorize a discussão com relação ao preço da energia elétrica, centralmente no que tange aos contratos de distribuição de energia da região Nordeste que se aproximam do vencimento, além do reajuste na CDE.

Os parlamentares ainda ressaltaram ao ministro da Defesa a importância de que o Governo Federal disponha de uma interlocução direta com o setor químico, com vistas na discussão de política específica. Nesse sentido, em alinhamento com os deputados, o presidente-executivo da Abiquim, Fernando Figueiredo, destacou a importância de que o governo conduza a implementação do Estudo de Diversificação da Indústria Química, elaborado pelo BNDES, do qual constam as principais oportunidades de desenvolvimento do setor no Brasil.

O ministro Jaques Wagner, profundo conhecedor do setor químico e incentivador do Polo de Camaçari (BA), mostrou disponibilidade para encaminhar os assuntos no governo e, nesse sentido, destacou a importância do diálogo com o ministro Armando Monteiro e com o CNDI. Além disso, afirmou que trataria do assunto com o governador da Bahia, Rui Costa, e levaria ao conhecimento da presidente da República, Dilma Rousseff.

Veja também

Abiclor participa de workshop sobre transporte de produtos perigosos

A Abiclor vai participar na semana que vem, dia 20, do workshop sobre a nova ...