Home / Noticias / Déficit comercial da indústria química recua 11% de janeiro a abril

Déficit comercial da indústria química recua 11% de janeiro a abril

O saldo da balança comercial da indústria química brasileira recuou 11,6% nos quatro primeiros meses do ano em relação ao mesmo intervalo de 2014, segundo o Relatório de Estatísticas de Comércio Exterior da Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química).  De janeiro a abril, o Brasil importou US$ 11,9 bilhões em produtos químicos, queda de 10,1%. Já as exportações, no mesmo período, cederam 7,3%, para US$ 4,1 bilhões. Em 12 meses até abril, o déficit comercial da indústria totalizou US$ 30,2 bilhões.

Esse resultado negativo nos primeiros meses do ano, informa o jornal Valor Econômico, é reflexo do enfraquecimento da economia associado à variação cambial. Para Denise Naranjo, diretora de Assuntos de Comércio Exterior da Abiquim, tanto os valores quanto os volumes da balança comercial mostram que a redução do déficit comercial não pode ser atribuída a ganhos de competitividade da produção nacional. “A retração foi motivada particularmente pelo cenário econômico atual de queda de demanda e pela forte pressão cambial dos primeiros meses do ano, além do fato de os preços internacionais ainda estarem abaixo de padrões normais para diversos produtos”, afirmou, em nota, a executiva.

De janeiro a abril, os produtos químicos responderam por 19% das importações totais do País (US$ 63 bilhões) e 7,1% das exportações brasileiras (US$ 57,9 bilhões).

Fonte: Valor Econômico, 20/05/15

Veja também

Confiança da Indústria recua atinge em julho menor nível desde outubro de 2018

O Índice de Confiança da Indústria (ICI), medido pela Fundação Getúlio Vargas, caiu 0,9 ponto ...